quarta-feira, 11 de outubro de 2017

[CURTAS] Funcionários do alto escalão da Nintendo falam sobre as lições aprendidas com o fracasso do Wii U

Desde que o Switch, ainda sob o codinome NX, foi anunciado, a Nintendo sempre comentava que não iria repetir os mesmos erros do Wii U, que fora vítima de um marketing confuso e ineficiente, já admitido pela própria Big N. Agora, após sete meses de muito êxito com o Switch, o gerente sênior de marketing da Nintendo, Bill Trinen, e o gerente de vendas da Nintendo of America, Doug Bowser, falam sobre como a empresa trabalhou para evitar os principais motivos do fracasso do Wii U no novo console.

Trinen comentou sobre o menu do Wii U, muito lento se considerado os padrões de espera atuais, o que desanimava os jogadores:
Quando você olha para o sistema do hardware do Wii U, só o menu em si - o tempo que o sistema leva para iniciar, para entrar no jogo - era algo como uma frustração para muitos jogadores no começo, e realmente se tornou um obstáculo.
Com o Switch sendo algo que você pode levar consigo, se tornou importante você poder jogar imediatamente. Isso ao meu ver é um exemplo de lição direta da era do Wii U, onde a Nintendo disse, 'Isto é algo no qual faremos uma melhoria drástica nele [Switch]'.

Em seguida, Bowser falou sobre a escassez de títulos para o Wii U, que se deu por conta do excesso de lançamentos no início da vida do console:
Tivemos um excesso [de lançamentos] no início [da vida do Wii U], e algum tempo depois não havia nada. De uma perspectiva fisrt-party, fomos intencionais e deliberados com o Switch. Iniciamos com The Legend of Zelda: Breath of the Wild, no qual foi obviamente um sucesso incrível, lançamos o hardware e trouxemos diversos novos jogadores para a franquia. Em seguida veio Mario Kart, e alguns outros jogos que lançamos desde então. Isto foi uma lição realmente importante aplicada que parece ter funcionado.

Bowser finalizou falando sobre os esforços da Nintendo em ouvir sua base de fãs:
Nosso objetivo é encantar nossos jogadores. Nós queremos pessoas que acessem nosso hardware, nosso conteúdo e tenham ótimas experiências. Então lemos ativamente o mercado e tentamos entender quais são as tendências para ter certeza de que estamos nos ajustando de acordo. Nós estamos respondendo. Nós estamos ouvindo.


Via Switch Brasil.

Comentários
0 Comentários

0 comentários: