sábado, 13 de agosto de 2016

[CORRENTE DOS SETE JOGOS] Episódio 4

E ai pessoal, hoje é sábado, dia de mais um episódio do nosso quadro Corrente dos Sete Jogos. Então, sem maiores enrolações, vamos às escolhas do leitor Matheus, ou Kamishini.





Nome / apelido: Matheus (Kamishini);
Idade: 16 anos;
Onde mora: São Paulo - SP;
Contato: www.facebook.com/matheushenrike1999;
Nintendo ID:
Como iniciou sua vida "gamer": Tudo começou com o meu tio mais novo (Rodrigo), que passava o tempo livre dele jogando Grand Chase no computador a tarde toda. Certo dia criei coragem e pedi para ele me deixar jogar um pouco, mas em vez disso, ele criou uma conta para mim e assim começou essa vida de jogos eletrônicos. Desde os 8/9 anos de idade venho jogando muitos jogos que me chamam a atenção e com certeza não irei parar só por estar começando a vida adulta. É como diz o ditado: "Um gamer não cresce, upa de nível".

• Jogo que todo mundo fala, mas que nunca jogou:
  • CS - Global Offensive (PS3 / Xbox 360 / PC / Mac / Linux): Claramente esse jogo é o que até hoje tenho uma grande vontade de jogar. É CS:GO ali, é CS:GO aqui... difícil ficar ouvindo e vendo as pessoas ganhando mais dinheiro pra dar HS (HeadShot) do que os formados em medicina. Tento juntar dinheiro para comprar e jogar ranked, mas eu não tenho a xp necessária para juntar dinheiro. ^^

• Jogo / franquia que não tem vontade de jogar de novo:
  • FIFA/PES: e tudo relacionado a futebol de consoles/computadores. Nunca soube jogar futebol em um controle e muito menos em teclado. Apesar de gostar de jogar bola com os amigos, eu nunca entendi sobre esse tema, e principalmente a regra do IMPEDIMENTO.

• Último jogo que jogou:
  • Tomb Raider (PS3 / PS4 / Xbox 360 / Xbox One / PC / Mac): Realmente prefiro jogos na plataforma de PC, mas quando joguei esse incrível jogo de ação e aventura... foi como se eu estivesse ali mesmo, com a Lara Croft em sua jornada pelas tumbas, caçando tesouros e desvendando enigmas que ninguém consegue. Me trouxe uma experiência positiva em relação a história desse mundo e aguardo meu tio comprar a sequência Rise of the Tomb Raider.

• Jogo que jogou e que ninguém conhece:
  • Mu Jogando.Net (PC): Esse servidor de Mu Online foi sem sombra de dúvidas o melhor que joguei em minha vida. Com apenas 3 canais (PvP1, PvP2 e PvP3) fazia a diversão de todos os players. Sistema de troca de itens (Trade) foi e ainda é o diferencial do jogo, permitindo que um jogador que acabou de começar a jogar se torne o mais forte do servidor. Joguei em torno de 1/2 anos esse jogo com um amigo em comum que tenho com o redator do DKC Forever Diddy Kong, chamado Matheus D'Aprile, que mais pra frente virou um super casher no jogo. Fiz muitos amigos e fui digamos que "famoso" no game, pois metade do servidor me conhecia.

• Jogo que te surpreendeu muito:
  • League of Legends (PC / Mac): O que dizer do nosso querido LoL... Esse foi um jogo que eu "hateava" na escola, na rua, em casa e com qualquer um que jogava e hoje em dia eu não passo um dia sem jogá-lo. A grande oportunidade de jogar LoL foi na casa de meus amigos Guilherme e Rafael, onde jogamos de Ashe e fizemos 8/13. O frag foi horrível mesmo, mas lembro que para nós iniciantes foi o melhor frag já feito em algumas semanas jogando.

• Jogo que te decepcionou muito:
  • Combat Hacks ou como a empresa chama "Combat Arms" (PC): Foi o FPS que menos gostei de ter jogado simplesmente por ter 958 hacks em cada sala. Outro fator que não me agrada é o sistema de armas, onde não se compra, e sim se aluga por dias. Isso tira a essência dos jogos no estilo FPS, pois imagine que você habilite a famosa AK-47 por 7 dias e não vai ser capaz de usá-la, pelo motivo de que você não estará em casa por viagem ou outros motivos pessoais.

• Jogo / franquia que marcou muito sua vida:
  • The Legend of Dragoon (PS1): Um jogo SENSACIONAL no estilo aventura, cheio de puzzles e com uma ótima história (apesar de estar em inglês). O jogo possui 4 discos, onde se passam em diferentes lugares e trilham a história de Dart (personagem principal). Me fez estragar o leitor do meu PS2, mas valeu muito a pena ter jogado e até hoje eu guardo o Memory Card do PS1, onde está as lembranças de ter zerado esse jogo épico.


E é isso. Se quiserem participar, enviem suas escolhas para o email dkc_forever@hotmail.com. Compartilhem também com seus amigos através das nossas páginas no facebook e G+.

Comentários
0 Comentários

0 comentários: