sábado, 30 de novembro de 2013

[IT'S TERROR TIME] Lendas dos Games: Super Mario Bros. 666

It's Terror Time!! E chega mais um capítulo do seu quadro de terror favorito, e que consequentemente, acaba arruinando sua infância.

Hoje, uma lenda criada pelo leitor ???? sobre o clássico dos clássicos Super Mario Bros., do saudoso NES. Boa leitura.



Olá, meu nome é Michael e venho do Reino Unido. O primeiro console que joguei foi um NES com Super Mario Bros., Megaman 3, Zelda II e Battletoads, no mesmo ano tive um SNES com Super Mario Kart e Donkey Kong Country 3, mas o que me deu mais nostalgia e que eu joguei mais foi Super Mario Bros.. Jogava horas tentando passar mundos, descobrindo segredos como o Minus World, criar os meus próprios níveis com o game genie mas infelizmente o perdi.
Há dois meses, estava passeando e encontrei um cartucho muito bagunçado e sujo. Com curiosidade, o levei para casa. Depois de limpá-lo, vi que era o meu Super Mario Bros. e fui experimentar.
Notei algo muito estranho, o titulo dizia “bros” mas achei que isso fosse um bug por isso ignorei e apertei no start. Quando estava jogando notei que os goombas eram maiores que o Mario e os koopas ainda maiores que os goombas e quando os matava, o Mario ficava manchado de sangue, quando Mario perdia uma vida, explodia sangue por todos os lados e as warp zones não funcionavam porque na verdade eram piranha plants.
Quando cheguei ao world 1-4 que é o castelo as coisas ficaram piores, o Mario já estava cheio de sangue e o Bowser disse: “7H3 9R1NC355 15 D34D…” (THE PRINCESS IS DEAD), eu não podia fazer nada porque nada lhe afetava, mas quando ele caiu na lava, ele agarrou mario e só se ouvia gritos e se via órgãos saindo da lava. Mario tinha perdido 2 vidas. Depois o Mario saiu da lava com o Bowser, mas o Mario pegou no machado e começou a matar o Bowser muito violentamente e se ouvia gritos do Rei Koopa pedindo ajuda e o Toad dizia: “KILL! KILL!!!!” (Mata!Mata!!).
Em seguida a tela mostrou Mario cheio de sangue, sem olhos, com a cara esquartejada e ensanguentada, e a tela ficou congelada. Resolvi desligar o NES e dormir para esquecer aquilo. Mas não adiantou, por isso queimei o cartucho.
Faltei ás aulas muitos dias, fui ao psicólogo e até tentei tomar comprimidos mas não adiantou…
Demorou algumas semanas para esquecer aquilo, vomitei muitas vezes e até chorei, acho que nunca esquecerei aquele jogo amaldiçoado…

EPILOGO: Michael demorou mais de um mês para esquecer o Super Mario Bros. amaldiçoado, agora sempre que lhe falam desse jogo, ele pensa nos sucessores e se esqueceu que havia o primeiro.


Fiquem no aguardo da próxima lenda.

Comentários
0 Comentários

0 comentários: